Pessoas deitadas em cima de almofadas no chão

Quando somos crianças, a preguiça acaba quando nos espreguiçamos, e só regressa quando estamos exaustos da brincadeira. Quando somos adultos, a preguiça envergonha-se perante o trabalho que se avoluma, e ninguém quer admitir que a sente. Quando estamos a meio do caminho, o tempo saboreia-se, e o que pode ficar para amanhã, fica suspenso na doçura de um bocejo.

A Preguiça ataca? é um espetáculo de dança, interpretado por uma bailarina e um bailarino, que se desenvolve em torno da preguiça.

Fez-se a pergunta que dá nome ao espetáculo, a um conjunto de pessoas com profissões distintas – um biólogo, uma ilustradora, um político, uma coreógrafa, um bailarino, uma ativista, uma atleta, e outras – e é a partir das suas respostas, na lenta sugestão dos aspetos da preguiça, como a vontade, o cansaço e o prazer, que se criou esta peça para jovens, poética, paradoxal e muito divertida.

Conceção e direção Aldara Bizarro
Interpretação a definir
Música Original Vítor Rua
Vídeo João Pinto
Desenho de luz Carlos Ramos
Apoio na área da Filosofia Dina Mendonça
Fotografia António Rebolo e Edmea Brigham

LU.CA – Teatro Luís de Camões

Requer marcação prévia
Nível de Ensino
3.º Ciclo, Atividades Acessíveis
Duração
60'
Data
Escolas: 14, 18, 19, 20 e 21 de outubro às 10h30
Preço
€3 por aluno | Escolas TEIP: 1€ por aluno. Acompanhantes isentos
Outras Informações
A classificar pela CCE