Imagem ilustrativa

João Fazenda continua, no entrepiso do LU.CA, o espetáculo Que Grande Estrondo.

Em teatros de papel, cartão, acetato, cor e luz, consegue-se espreitar e descobrir que, afinal, as coisas não são exatamente como parecem: basta que mudemos de lugar. Estes são, tal como o espetáculo, objetos híbridos que ao mesmo tempo são bidimensionais e tridimensionais.

João Fazenda
Nasceu em 1979, em Lisboa. Estudou Artes Gráficas na António Arroio e licenciou-se em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa (FBAUL). O seu trabalho divide-se entre a ilustração, a animação, a banda-desenhada, a pintura e o desenho. Trabalha regularmente como ilustrador para publicações como a Visão, The New York Times, The New Yorker, entre outros. Participou em diversas exposições coletivas e individuais um pouco por todo o mundo, é professor de Ilustração na FBAUL e já recebeu inúmeros prémios nacionais e internacionais.
Ilustrou muitos livros infantis, livros de poesia, peças de teatro, cartazes de cinema e capas de discos. Em 2018, o LU.CA já lhe dedicou um ciclo programático que teve, como ponto de partida, o seu espetáculo de 2014, Retrato Falado.

Competências a desenvolver

LU.CA – Teatro Luís de Camões

Requer marcação prévia
Nível de Ensino
1.º Ciclo
Data
17 de setembro a 7 de outubro. De segunda a sexta das 10h às 13h e das 14h às 18h. Sábado e domingo das 11h às 13h e das 14h às 18h
Preço
Entrada livre
Local
Entrepiso