Bobine de filme e clave de sol

Música e cinema: explorações em torno de uma cooperação fascinante

Curso para professores, educadores e mediadores

Que seria da saga Star Wars sem o bradar dos trompetes a abrir cada episódio? Ou de Harry Potter sem o tema musical que tão bem anuncia a magia que se prepara? Ou do Psico, de Hitchcock, sem a estridência dos violinos a rasgar a cena-chave do crime? Por trás de um filme há sempre uma banda sonora, pensada ao pormenor para enriquecer a paleta de emoções de cada cena. Da simples “usurpação” de obras pré-existentes à composição integral e propositada, há uma infinidade de estratégias e intenções na utilização da música num filme. Ao analisarmos essas intenções e os diversos modi operandi da articulação do material musical com o plano cinematográfico, não só refinamos a nossa compreensão sobre o cinema – as suas narrativas, a sua dramaturgia e plasticidade formal – como também refletimos e aprofundamos os significados que construímos sobre o universo sonoro que o percorre. O cinema é uma ferramenta pedagógica fundamental na contemporaneidade, um instrumento estético que se apresenta como metáfora do pensamento. Devido ao facto de ser uma arte muito difundida, é um polo agregador de diferentes áreas expressivas constituindo um território expansivo para a pesquisa e para a experimentação. Através de uma série de atividades que conjugam exemplos musicais com o visionamento de excertos cinematográficos, jogos de associações, exploração e criação de sons, construção de partituras e jogos corporais que envolvem a projeção de imagem, construiremos o nosso vocabulário imagético trazendo o som para a imagem, e as imagens para o som.

Objetivos:

  • Identificar e aprofundar conceitos musicais como tema, desenvolvimento, variação, repetição, orquestração, redução, forma, montagem, etc.;
  • Discutir e analisar a utilização desses conceitos numa banda sonora musical;
  • Diagnosticar estratégias de articulação entre a música e o cinema;
  • Materializar e partilhar estratégias criativas de associação entre som e imagem passíveis de utilizar em contexto de sala de aula em disciplinas que vão da Educação Musical à Multimédia;
  • Desenvolver estratégias criativas na convocação do corpo para a sua relação com a imagem;
  • Construção de universos pessoais a partir dos grandes campos criativos que são a música e o cinema;
  • Constituição de material musical e visual, na criação de objetos plásticos.

(O curso inclui trabalho não presencial para que os formandos possam desenvolver propostas individuais a apresentar e discutir com os colegas na última sessão).

Em parceria com o CFEAS – Centro de Formação de Escolas António Sérgio, esta ação encontra-se certificada para efeitos de progressão da carreira docente.

Biblioteca Orlando Ribeiro | Serviço Fonoteca das BLX

Requer marcação prévia
Duração
15h (12h presenciais e 3h de trabalho de pesquisa e criação individual)
Data
5 e 19 de Março, das 10h às 13h e das 14h às 17h, 12 horas no total
Número de Participantes
18
Preço
Gratuito
Local
Biblioteca Palácio Galveias | Sala Polivalente
Material Necessário
Roupa e calçados confortáveis, caderno diário e material riscador
Conceção
Isabel Novais e Hugo Barata
Realização
Isabel Novais e Hugo Barata