BIENAL CULTURA E EDUCAÇÃO >>> conheça a programação do município de Lisboa

atividades criativas para alunos e professores 2022-2023

Conheça o programa
atividade de serviço educativo

Lab Mil Pássaros

Uma formação imersiva em arte para a infância, o Lab Mil Pássaros acontece pela segunda vez em Loulé entre 25 e 30 de julho sob a orientação da Companhia de Música Teatral. Dirigido a educadores de infância, professores, músicos e outros artistas, a formação integra a apresentação final de uma experiência artística dirigida a famílias com bebés. As inscrições terminam no dia 15 de Julho.

Saiba mais
placard publicitário do mestrado, com jovens, vistos de costas, abraçados

Mestrado em Educação, Práticas Artísticas e Inclusão

O Mestrado em "Educação, Práticas Artísticas e Inclusão", da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, é uma oferta formativa inovadora que se propõe a explorar e aprofundar pontes entre as áreas da educação, das artes e da inclusão, apostando numa formação transversal para dar resposta à necessidade de formar profissionais qualificados que possam intervir nas diferentes realidades sociais, culturais e artísticas do país. As candidaturas estão abertas até dia 1 de Setembro e destinam-se a educadores, professores e titulares de licenciatura nas áreas das ciências sociais e humanas e as artes.

Saiba mais
Várias pessoas sentadas em forma de roda, no chão de um museu

Entre Olhares

Entre junho e dezembro a Fundação Gulbenkian - Centro de Arte Moderna e a Câmara Municipal de Lisboa - Biblioteca de Alcântara, vão desenvolver um projeto de curadoria participativa “Entre Olhares – como se faz uma exposição”.

Saiba mais
Crianças na sala de aula

A voz das crianças e dos jovens na educação

O relatório do Conselho Nacional de Educação sobre “A voz das crianças e dos jovens na educação”, alerta para a importância da participação ativa das crianças e dos jovens na educação destacando os fatores que os estimulam a intervir e a ganhar confiança na sua voz. O desenvolvimento de competências de argumentação e comunicação, a consagração de tempo da aula à intervenção do aluno e a organização versátil do espaço são alguns desses fatores.

Saiba mais
Imagem ilustrativa

Arte contemporânea e fruição do património

A propósito do desenvolvimento de públicos e do projeto “Mapeando a arte Contemporânea na Fruição do Património", vale a pena ler o artigo de Rebecca Hardy Wombell sobre a forma como museus e monumentos estão a usar a arte contemporânea para intensificar a sua fruição. Diferentes intervenções artísticas estão a permitir contar histórias esquecidas e a criar experiências mais vivas e memoráveis, atraindo novos públicos, enriquecendo o conhecimento desses equipamentos culturais sobre o seu património e lançando desafios estimulantes a um leque diversificado de artistas.

Saiba mais