Jovens numa atividade

O projeto Escola Nómada – o meu Bairro imaginário cruza diferentes linguagens artísticas para o desenvolvimento global do/a jovem adolescente e a sua relação com o espaço que o/a rodeia. Tendo como recurso o património, em sentido amplo, da cidade de Lisboa o programa tem como foco a recriação da toponímia do bairro onde os/as alunos/as residem.

O enfoque do projeto passa pela compreensão de alguns dos processos de análise subjacentes ao(s) nome(s) atribuídos às ruas da urbe, mas o verdadeiro desafio passa pela sua renomeação tendo como ponto de partida os interesses e a relação empática (pode ser um familiar, uma personalidade, um/a amigo/a) dos/as intervenientes. Quem será a pessoa escolhida? Quem dará lugar ao nome de uma rua, de uma praça ou de um jardim? E porquê?

Este processo de recriação toponímica vai arrolar várias ferramentas artísticas: como o desenho, a pintura, a exploração do espaço com cenários e com o corpo, os jogos cooperativos, a exploração de diversos materiais, o fomentar de dinâmicas coletivas e individuais e a promoção de um espaço de discussão e diálogo, assente num método de pedagogia não formal e simbólica.

Queremos que o/a aluno/a crie laços de empatia e sensibilidade estética através do contacto com diferentes experiências visuais e plásticas, recriando, assim, novos olhares sobre a escola, a rua, o bairro, a cidade que o/a acolhe. Pretende-se, desta forma, valorizar as pessoas do bairro e integrar a riqueza das escolhas dos/as alunos/as. Esta jornada de 2 anos letivos será capaz de nos trazer um “novo” Bairro?

NOTA BIOGRÁFICA

Ana Salomé Paiva (1985) é artista-plástica. Licenciou-se em Artes-Plásticas, vertente Pintura pela Faculdade de Belas Artes, Lisboa. Tirou o mestrado em Filosofia, vertente Estética pela Universidade Nova de Lisboa.

As suas obras nos últimos anos apresentam-se sob a forma de cadernos, de livros de auto-edição em que o desenho e a gravura são as ferramentas mais utilizadas pelas suas valências estéticas. É formadora de Artes-Plásticas em diversos locais e contextos sociais: ateliers, museus e espaços comunitários.

Ciclo temático

GEO – Gabinete de Estudos Olisiponenses

Requer marcação prévia
Nível de Ensino
3.º Ciclo
Duração
Anos letivos de 2023-24 (8ºC) e 2024-25 (9ºC)
Data
Outubro a junho de cada ano letivo
Preço
Gratuito
Local
EB2/3 Alto do Lumiar
Artista Convidado
Ana Salomé Paiva (e artistas convidados a definir pela artista plástica)
Outras Informações
Mediação cultural: Judite Reis (coordenação) e Vanda Souto