O Museu Bordalo Pinheiro estuda e divulga a obra de Rafael Bordalo Pinheiro, em especial a obra gráfica e cerâmica. O Programa Educativo do Museu assume o compromisso de interpretar o significado histórico e artístico da obra de Rafael Bordalo Pinheiro e promover a compreensão dos principais valores que lhe estão subjacentes: cidadania consciente, liberdade de pensamento, crítica e humor inteligente. Estes valores constituem um dos mais sérios desafios da educação na contemporaneidade e são o ponto de partida da reflexão sobre os diferentes matizes da obra bordaliana: artes visuais, literatura, música, ambiente, história, filosofia e etnografia. O simbolismo do gesto do manguito, perpetuado pela personagem Zé Povinho, norteia um programa de atividades polifónico desenhado com os contributos das comunidades parceiras, em que o gesto aparentemente rude representa, afinal, a atitude de uma sociedade consciente e crítica. Em resultado, a mediação cultural pretende criar espaços de conhecimento, promovendo a reflexão, o argumento e o debate, inspirados na linguagem artística e na crítica humorística.

Museu Bordalo Pinheiro
Campo Grande, 382
1700-097 Lisboa
T: 215 862 402
servicoeducativo@museubordalopinheiro.pt
http://www.museubordalopinheiro.pt
Autocarro 701, 717, 736, 750, 755, 767, 798
Metro Campo Grande
Diretor
João Alpuim Botelho
Mediadores
Liliana Pina (coordenadora), Helena Santos, Inês Araújo, Sónia Brochado, Cláudia Freire, Pedro Bebiano Braga, Francesca Casolino