O Museu Bordalo Pinheiro estuda e divulga a obra de Rafael Bordalo Pinheiro, em especial a obra gráfica e cerâmica. O Programa Educativo do Museu assume o compromisso de interpretar o significado histórico e artístico da obra de Rafael Bordalo Pinheiro e promover a compreensão dos principais valores que lhe estão subjacentes: cidadania consciente, liberdade de pensamento, crítica e humor inteligente. Estes valores constituem um dos mais sérios desafios da educação na contemporaneidade e são o ponto de partida da reflexão sobre os diferentes matizes da obra bordaliana: artes visuais, literatura, música, ambiente, história, filosofia e etnografia. O simbolismo do gesto do manguito, perpetuado pela personagem Zé Povinho, norteia um programa de atividades polifónico desenhado com os contributos das comunidades parceiras, em que o gesto aparentemente rude representa, afinal, a atitude de uma sociedade consciente e crítica. Em resultado, a mediação cultural pretende criar espaços de conhecimento, promovendo a reflexão, o argumento e o debate, inspirados na linguagem artística e na crítica humorística.

Museu Bordalo Pinheiro
Campo Grande, 382
1700-097 Lisboa
T: 21 581 85 45
[email protected]
http://www.museubordalopinheiro.pt
Autocarro 701, 717, 736, 750, 755, 767, 798
Metro Campo Grande
Diretor
João Alpuim Botelho
Mediadores
Liliana Pina (coordenadora), Francesca Casolino, Inês Araújo, Inês Noivo